Herculano nasceu há dois séculos


Nasceu em 1810, mas ainda é lido e relido. Valia que a qualidade impõe. Adquiri recentemente a sua “História da Origem e Estabelecimento da Inquisição em Portugal”, com o miolo por abrir (as páginas ainda estão ligadas). Trata-se de uma obra em três volumes publicada em 1852.
A par de outra obra sobre a mesma temática “A Inquisição de Évora - 1533-1668”, esta de autor contemporâneo, o ilustre e jubilado Professor António Borges Coelho, compõem a leitura de Verão, para partilhar com as normas e disposições da implementação de um Sistema de Gestão da Qualidade.
Tudo matéria versando tortura, arrependimentos, confissões e… Autos-de-fé. Vamos a isto.

Foto: os 3 tomos da obra e, em fundo, Alexandre Herculano numa foto de 1855 existente no Arquivo Nacional de Fotografia.

1 comentário:

Josefina Maller disse...

É necessário ressuscitar os nossos ilustres mortos, para que eles continuem a dar-nos lições. As palavras não podem morrer.