.... é como o azeite

video

1 comentário:

Valvesta disse...

Gostei muito do título, o teu azeite chega aqui adulterado, obvio que com soja transgênica.
Os países chamados do primeiro mundo, querem continuar no topo, e que interesse teriam em ter um política cultural globalizada?
Nem mesmo por aqui os poderes se interessam nisso, dão os ticks de inferior -sobrevivência e que se contende com a dependência... a divisão econômica faz poderes e poderosos, e é construída propositalmente, tanto é que ninguém quer ser professor nesse pais, qualquer profissão braçal ganha melhor, a instrutura escolar é defasada, e conseqüentemente mais ignorância prossegue, e indústria da burrice enriquece a muitos, no pais tem o maldito costumes de mostrar lá fora a miséria e a prostituição das nossas mulheres e crianças, mendigando a compaixão e definindo as possibilidades dos que com isso tiram proveito, é a decadência onde podia ser a exaltação, de um povo sofrido e que pela miscigenação busca encontrasse nas origens, qual árvore grande sem raízes profundas vulnerável as ventos fortes-Que poder poderia exercer tamanha influencia cultural pra igualar a sociedade atual? briga grande que duvido tenha fim.