Ora toma

Estou em greve, e a razão prende-se mais com um aviso ao futuro governo PSD do que um protesto contra os mafiosos do PS que governam (que esses estão cagando para os grevistas e para os portugueses em geral, empenhados que estão a saquear o erário público e a destruir o país).

Caros companheiros, fiquem sabendo que não tenciono votar PSD enquanto não ver esclarecido o caso Dias Loureiro, ou enquanto não o expulsarem do partido. Sem esse sinal de probidade, não voto e desaconselho o voto. 


8 comentários:

David Oliveira disse...

O caso Dias Loureiro!
e agora que expliquem muito bem porque concederam, ontem, livre-arbítrio ao Teixeira dos Santos para lhe cortar a si x% do seu honorário mas o Teixeira dos Santos fica com o poder de, casuisticamente, decidir que o sr. fulano, colaborador de uma qualquer empresa pública ou empresa minicipal, aí ao seu lado,fica com o dele incólume!

francisco disse...

Meu caro amigo, eu nem tento compreender as acções e nem peço explicações a este Governo de mafiosos. É tempo perdido. Mas espero explicações do meu partido, sobre a conduta dos seus dirigentes e altos quadros. Porque se o desígnio do PSD é transformar-se num espelho do PS, eu não entro nesse barco.

Abraço.

deodato santos disse...

cumprimentos por essa posição.
você sabe-me dizer se em portimão há um equivalente à mesa redonda de lagos?

deodato santos disse...

cumprimentos por essa posição.

sabe-me dizer se em portimão existe um equivalente à mesa redonda lacobrigense?

francisco disse...

Caro Deodato, sei que existe porque ouvi há dias uma referência a tal blogue. Mas não lhe sei dizer como se chama. Em todo o caso basta procurar no google, por "assuntos Portimão" ou "política Portimão" e deve aparecer alguma coisa.

Saúde.

francisco disse...

encontrei este:

http://sos-portimao.blogspot.com/

Kruzes Kanhoto disse...

Votar nesta cambada não voto de certeza absoluta. Tanto faz um como o outro.

David Oliveira disse...

Eh pá! querem ver que os profs. António Oliveira Salazar e Marcello Caetano tinham toda a razão em desconfiar da "utilidade" nacional de colocar "papelinhos decisórios" nas mãos e no juízo desta merdalha toda?! eh pá!
Abraços
David Oliveira