até no melhor pano... quanto mais em pano cru



«Meia dúzia de homens de músculo político agarraram na criatura e resolveram enfiar a dita sem grande cerimónia pela goela aberta de um povo miserável e de uma “classe dirigente” sem destino ou vergonha. Claro que os socialistas nunca na vida mostraram o menor escrúpulo em organizar esta espécie de operação. Basta lembrar que o dr. António Costa tomou o partido de assalto com uma grande dose de brutalidade e demagogia, perante a equanimidade e o deleite dos seus queridíssimos camaradas. Agora, a ideia é fazer o mesmo com o país: a tradição ajuda.»
artigo completo aqui

2 comentários:

David Reis Oliveira disse...

Este névoa é daquelas que levanta, mas deixa nódoa. Também lá na UL o quem havia de suceder a uma Barata, 'inda por cima moura.

francisco disse...

Não conheço o percurso académico do ilustre, e mesmo que conhecesse não teria competência para o julgar. Já como candidato de um partido culpado, julgo-o e entendo-o como mais uma marioneta do situacionismo socialista. Mas... lá está, faz tempo que não voto para eleger candidato em quem reconheça qualidades, antes para tirar do poder aqueles em quem não reconheço as qualidades necessárias. É a isto que estamos reduzidos. Abraço.