As casas dos cantoneiros

A construção das “casas dos cantoneiros” foi iniciada em meados do séc. XIX, mas foi a partir dos anos 30 do século XX que se verificou o seu incremento - a que não é alheio o crescimento do parque automóvel e da rede viária nacional -, bem como a adopção do estilo arquitectónico da maioria desses imóveis que chegaram até aos nossos dias. 
Nestas casinhas se abrigavam os cantoneiros, os seus equipamentos e, nalgumas mais importantes, a papelada administrativa referente aos trabalhos de manutenção das estradas, aos aspectos logísticos e à gestão do pessoal. Algumas tinham, para além de quartos, refeitório e instalações sanitárias, um forno exterior, garantindo assim as condições necessárias à permanência das equipas de operários por um período mais ou menos dilatado, ditado pela extensão e morosidade dos trabalhos a realizar. Outras mais simples acomodavam apenas um par de cantoneiros que executavam uma manutenção local e permanente, compondo bermas, contendo a vegetação ou remendando algum buraco ocasional do alcatrão viário.
Tendo perdido a sua função, as casas dos cantoneiros restam como memória de um tempo em que o avanço da industrialização e o aumento do número de viaturas, e da sua velocidade, obrigaram a rasgar novas estradas para ligar cidades, portos, fábricas e mercados.
Hoje, abandonadas à beira das estradas, aguardam o colapso inexorável que as intempéries vão anunciando.
Resta a possibilidade de serem recuperadas para fins de turismo cultural ou ambiental, aproveitando a sua proximidade a perímetros rurais, florestais ou costeiros, ou mesmo a sítios históricos em que a visita a tais locais de memória, frequentemente de idílica serenidade, se assumam como objectivo para um retemperador fim-de-semana ou umas prazenteiras mini-férias.

F. Castelo
2015-12-01


Casa dos Cantoneiros em Espinhaço-de-Cão

Anúncio de venda:
Alienação, em direito pleno, de imóvel sito em Espinhaço de Cão, freguesia de Bensafrim, Lagos
Prédio urbano, sito em Espinhaço de Cão, freguesia de Bensafrim, designado por “Casa dos Cantoneiros”, com as seguintes características: Área total do lote: 357m2; Área coberta: 112m2; Área descoberta: 245m2.
Para quaisquer esclarecimentos poderá contactar o Serviço de Património através do email:
spa@cm-lagos.pt

Casa dos Cantoneiros em Lagos - Avenida dos Descobrimentos

Enviar um comentário