A Virgem Margarida



Só hoje tomei conhecimento desta notícia publicada no Correio da Manhã de 29 de Abril, da qual transcrevo um excerto e comento seguidamente.

«Margarida Menezes tem 26 anos e é virgem por convicção. Recusa ter relações sexuais de uma noite, uma semana ou de um mês. À espera do príncipe encantado, Margarida criou o Clube das Virgens mas lamenta que durante mais de um ano não tenham surgido sócias. “Agora, o meu desejo é que as sócias finalmente apareçam.” Até agora, apenas recebeu mensagens de virgens anónimas e até de homens que assumiram a sua virgindade. “Respondi-lhes que não podia aceitá-los porque a minha ideia era só para as mulheres”, esclareceu. Margarida deu o primeiro beijo na boca aos 22 anos, mas a relação com o Paulo não durou um mês. Curiosamente, diz que o desejo dos homens em possuir uma mulher virgem é um falso mito. “Sinto que até se afastam quando lhes digo que sou virgem”, revela Margarida.
Continua virgem porque é muito romântica. “Também por falta de sorte. Ainda não conheci o meu príncipe encantado que virá num cavalo branco”, confessa.»


«Recusa ter relações sexuais de uma noite, uma semana ou de um mês» – Caramba, ninguém disse à rapariga que as relações sexuais não duram tanto tempo?
«criou o Clube das Virgens mas lamenta que…não tenham surgido sócias» - Pois, as sócias não têm tempo para essas coisas, andam ocupadas perdendo a virgindade e confirmando-o repetidamente, incrédulas.
«deu o primeiro beijo na boca aos 22 anos, mas a relação com o Paulo não durou um mês» - Tava-se mesmo a ver que o desgraçado ia aguentar muito mais tempo como se fosse um S.Paulo feito de pau e não um Paulo de pau feito.
«o desejo dos homens em possuir uma mulher virgem é um falso mito. “Sinto que até se afastam quando lhes digo que sou virgem”» – E estavas à espera de quê? Uns devem achar que és portadora de H1N1, outros que terás algum problema psicológico e os últimos encaram a tarefa defenestrativa com pouco entusiasmo porque dá mais trabalho do que prazer, ainda por cima tratando-se de hímen calcificado pelo tempo.
«À espera do príncipe encantado…» – Oh rapariga, abre os olhos, os príncipes encantados são quase todos gay’s, isso vê-se logo num gajo vestido com colants e sorriso pepsodent montado num cavalo branco!

Olha, nem sei que te diga.
Parabéns! Continua assim?!

PS – Já consideraste a hipótese do Convento?

6 comentários:

David Oliveira disse...

Maldito cepticismo!
Será que é mesmo?!... mas tentemos a resposta a
"Porque é que eles fogem quando ficam a saber que é virgem?".
Inteligência emocional? preguiça? medo? ou pituitárias insensíveis a essas feromonas?!
Abraço
David Oliveira

francisco disse...

Pois também não sai caro David. Desconfio é que a rapariga só tinha a ganhar com um estágio no convento. Saía de lá mais leve.

Abraço
;)

Eira-Velha disse...

Bem... não é caso único. Aquela escocesa encruada que canta muito bem, dizem, também se proclama virgem e uma produtora de filmes harcore ofereceu-lhe uma pipa de massa para perder esse complexo.
Se a moda pega ainda vai haver muita gente a facturar com isso.

francisco disse...

Caro Eira-Velha, eis um dos comentários que deixei no blogue da Virgem Margarida em:
http://clubedasvirgens.blogspot.com/

depois do êxito de http://omeupipi.blogspot.com/, eis mais uma tentativa de alegrar a vida cinzentona dos portugas.

Força, Margarida. Mantém as cuecas em cima e as pernas unidas.

;)

cesar micaelo disse...

ola espero que te sintas bem com tigo mesmo quero que saibas k o tenpo escapa y as semanas passam correndoy todos os medos sao a adrelanina da vida y que perdes tenpos belos da vida mesmo quando nao duram a senpre momentos lindos k que chamao paixao que por muintas vezes se transformao-se em amor por isso te digo atirate de cabeça k nao tens nada a perder

Anónimo disse...

Olá, Margarida eu compreendo perfeitamente sua posição, tenho 22 e também me preservo para um momento especial, o qual ainda não aconteceu, porém, vivo dessa forma pq possuo outras crenças e valores os quais são importantes p mim. Independentemente do que digam oq realmente importa é que faça quando estiver certa disso, que seja bom, mas sinceramente acho que príncipes encantados e perfeitos não existem, um cara bacana que seja delicado e te respeite já é lucro gata..abraços..