muita azáfama, pouco tempo para os blogues

Azáfama do trabalho e dos passeios em barco à vela. Este é o meu ano da Vela, e está quase a terminar. Como se não bastasse, decidi alterar os hábitos de consumo de drogas. Abandonei os fumos e passei para as pastilhas. A paciência não é muita para a escrita solta. Mantém-se a disciplina de escrever um pouco dos contos, mais nada. Em Setembro, com as chuvas e os cogumelos voltará a escrita em salpicos.
;p




1 comentário:

JP Jacinto disse...

Pois é meu caro amigo.

Ainda não inventaram uma máquina para parar o tempo ou esticá-lo.

Quando a vida é vivida com intensidade o tempo torna-se sempre pouco.

É por isso que por vezes os meus dias parecem passar em alguns minutos.

E os barcos ajudam muito a isso.

eh eh eh

Abraço

JP Jacinto
www.jpjacinto.com