Ao Duval




Passou aos bastidores da eternidade mas deixou em cena muita Arte, na memória, no Estar e no Ser de tantos que com ele aprenderam a olhar o mundo de outra forma. Não fica o silêncio e a ausência, antes a permanência da sua inteligência, irreverência, jovialidade, numa expressão mais simples: da sua Arte. Partiu para outro palco deixando-nos neste feito de tristezas, alegrias, palavras e silêncios. Vai um abraço simples, pelos bons momentos de Vida que nos proporcionou. 
Como diz a Fátima Santos, até logo, Mestre Duval Pestana.





Enviar um comentário